Banda X - Midnight Ambassador

Quando e onde tudo começou?
• Tudo começou em Janeiro de 2017 quando estava em Beja a tomar duche, tive um ideia, corri para o meu computador e tranquei-me no quarto durante 18 horas e saiu o Serial Killer, o meu primeiro single.

Banda ou artista que te inspirou nesse inicio.
• Redbone por Childish Gambino, eu devo ter ouvido essa música mais vezes do que queira admitir.

Se fosses uma cor, qual seria? Porquê?
•  Estou com vontade de dizer Black & Blue, mas não vou, ou isto conta como dizer?
Acho que seria vermelho, foi a cor do meu primeiro Beanie e vai ser sempre especial para mim.

3 músicas tuas.
• Mirror, Quarantine, Burned Down Cigarettes.

Melhor palco que já pisaste.
• Isso é difícil, mas acho que o palco onde mais me senti feliz foi no The Piston em Toronto, adorei. Pelo menos recentemente.

Palco de sonho.
• Paredes de Coura, é o meu paraíso neste planeta.

Quem gostarias de ressuscitar ou convidar para estar contigo em palco?
• Eu gostaria de ter conhecido o Mac Miller, a música dele tem mesmo tanta alma, acho que teríamos feito boa música juntos, o último álbum dele fala muito comigo, tenho pena de ter morrido tão jovem.

Para 2021...
• Talvez um álbum? Finalmente? Eu digo isto e depois escrevo sempre EPs.
Para 2021 eu quero pisar um festival em Portugal, vamos dizer que assim é mais concreto.



À conversa... A.A.A.


© 2020


www.fenther.net ® Todos os direitos reservados @ 2020

Manifestações: geral@fenther.net















      geral@fenther.net       Ficha Técnica     Fenther © 2006