Blast News

Reverence Santarém

No próximo fim-de-semana de 8 e 9 de Setembro, tem lugar mais uma edição do RevFest ou Reverence, desta vez em Santarém. Falamos com Alexandre Travessas, um dos promotores.

Nesta edição o Reverence muda-se para Santarém.
O Reverence como marca nasce em Londres, por volta de 2005, 2006, pela mão do Nick Allport. Depois ele próprio acabou por ressuscitar um pouquinho a marca e fez uma primeira edição em Valada, que durou três anos. A deslocalização deste ano, acaba por nem ser uma novidade para os fundadores da marca.
Essa mudança de local, neste ano deu-se a motivos políticos, pois a Câmara Municipal de Santarém, dá-nos mais condições para manter o evento. Já não tinhas condições logísticas, nem financeiras para manteres aquele monstro em Valada.

Penso que em termos de acesso melhora bastante, quase vais de comboio até à porta do festival.
Não só melhoram os acessos, mas também a oferta de serviços. A estação de comboio está a cinco minutos a pé, do recinto do festival, a linha passa ao lado do festival. Depois estás em Santarém, que é capital de distrito, logo há uma oferta hoteleira maior, também restauração, bem como serviços hospitalares. Tudo que tem a ver com bens e serviços, está melhorado. Isto foi um daqueles pormenores, que nos fez mudar para Santarém. Além do próprio local que era o original, em que foi pensada a primeira edição para Portugal.

Para lá dos Moonspell, vão buscar nomes da Church Of Ra, nomes mais antigos como Melancholic Youth Of Jesus e nomes novos.
O cartaz é montado nos seguintes parâmetros, o conceito geral é no sentido de diversificar emoções. Temos bandas na área da música pesada, seja ele doom, stoner ou post metal, ou o que seja. Esta é uma edição em que pretendemos mudar um bocadinho, pois todas as edições anteriores são quase sempre temáticas, ou mais ligadas ao doom, ou ao psicadélico, por exemplo. Na parte do psicadelismo por exemplo, tentamos ter alguns nomes do que tem aparecido nos Estados Unidos e na Europa. Tentamos também mostrar novos valores da música portuguesa e mostrar bandas que foram icónicas nos seus tempos, como os Gang Of Four, ou carismáticas, caso dos portugueses Melancholic Youth Of Jesus, misturados com novos valores como Sinistro.

E como cereja no topo do bolo, os Moonspell, que escolheram o Reverence como local onde irão encerrar as comemorações de vinte anos do “Irreligious”.
A contratação de Moonspell, deve-se aos vinte e cinco anos de carreira do grupo, e assim fazer uma homenagem a um nome com um percurso não muito comum em bandas portuguesas. Se esquecermos o fado ou Madredeus, não tens bandas de nicho a fazer uma carreira internacional tão sólida como eles. E não fizeram apenas a carreira, o percurso permitiu-lhes abrir portas e levar gente atrás deles, como é o caso dos Sinistro, que após o RevFest vão seguir em digressão europeia com Paradise Lost. Moonspell fazem parte do contexto do Reverence, nasceram no underground e criaram uma carreira muito sólida. O que eles vão oferecer é aquele concerto que fizeram em Guimarães e no Campo Pequeno, em Lisboa, com o “Wolfheart” e “Irreligious”, tocados na íntegra e algumas surpresas planeadas para este espectáculo.

Praticamente o único grande festival a sul a apostar nesta franja musical, como tem sido em termos de prestação do público.
Nem sempre é muito fácil, a maior parte da população vive no Norte do país, ou na zona de Lisboa. Estando em Santarém, conseguimos servir os dois públicos, pois estamos a cerca de uma hora da capital e estamos colados à principal via portuguesa, a A1, além de termos a linha de comboio do Norte a passar perto e a proximidade de vias que vão para Espanha. Muita da assistência é estrangeira, temos espanhóis, ingleses, franceses, até mesmo pessoal que vem do Japão, dos Estados Unidos. A mobilização passa por ir buscar os vários nichos de público que gosta destes estilos. No caso dos psychfests, eles até tem crescido pela Europa, e mesmo cá. Há um em Lisboa e começam a surgir outros pelo país. Internacionalmente, a seguir ao Reverence, tens o Liverpool Psych Fest, e o festival está inserido nesse roteiro.☆


☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆


      



Emanuel Ferreira

☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆

Anteriores



      geral@fenther.net       Ficha Técnica     Fenther © 2006