A.A.A.
Access All Areas




Estivemos em conversa descontraída com os Huggs.

Fenther – Quem são os Huggs e de onde chegam?
Huggs – Somos uma banda de Lisboa que devia saber melhor como se descrever a sí mesma.

Fenther – Que tipo de som vocês criam? É catalogavel?
Huggs– Criamos baladas punk, entre o Elvis Presley e os Blink.

"Ouvimos bastantes bandas portuguesas que nos inspiram e que recomendamos, como é o caso dos Sunflowers, FUGLY, El Señor ou Cave Story."

Fenther – Podem levantar um pouco as pontas deste disco?
Huggs– São 6 músicas fáceis de decorar e cantar. O contraste entre as baladas românticas do Duarte e a bateria punk do Jantonio.

Fenther – A inspiração vem de onde?
Huggs– Além de bandas e ambiencias de séries e filmes, a inspiração vem das catástrofes que acontecem na vida e que nos deixam ao nível do chão.

Fenther – Convidados?
Huggs– Temos um convidado muito especial no baixo, o Guilherme Correia, que nos tem ajudado em muitas coisas e do qual gostamos muito na maior parte das vezes.

"Criamos baladas punk, entre o Elvis Presley e os Blink."

Fenther – Ao vivo já passaram pelo Indie Music Fest, MusicBox e Maus Hábitos. Feitas as apresentações, por onde vão estar em breve?
Huggs– Um bocado por todo o país.

Fenther – Estado da nova música nacional? De saúde?
Huggs– Achamos que está muito saudável! Ouvimos bastantes bandas portuguesas que nos inspiram e que recomendamos, como é o caso dos Sunflowers, FUGLY, El Señor e Cave Story (entre muitas outras!).

Fenther – Mensagem final...
Huggs– Procurem-nos na internet, temos fotografias, vídeos e um EP disponível para quem nos quiser ouvir.

Vitor Pinto



      geral@fenther.net       Ficha Técnica     Fenther © 2006