Bandas/Discos | Crónicas | Livros | Eventos | DJ7 | Links | Apoios | Home


Mais Discos Fenther

Edições ao telescópio...

15 de Março 2013




FROM
Porto - Portugal


SOUND LIKE

A irreverência, a sensualidade e a extravagancia de Slimmy está de volta. O electro rock continua bem firme em "Freestyle Heart" e traz consigo, novas roupagens de temas que acompanham Slimmy há dez anos ("Dumb" e "For My People"), e outros mais que nasceram ao longo do percurso deste colectivo sedutor comandado por Paulo Fernandes.
Um disco intenso de emoções e de canções capazes de nos fazer libertar o espirito. Bem vindos de volta rapazes!

(*****)


FIND OUT MORE
www.facebook.com/slimmymusic#!/slimmymusic






-----------------------------------------

9 de Setembro 2010

Slimmy



"Bonito, Energético, Irreverente, Diferente e agresivamente Dançável.
Tudo isto é Slimmy! Outro disco perfeito." - *****



-----------------------------------------



Slimmy - «Beatsound Loverboy»

Há coisas que demoram o seu tempo a serem confeccionadas, há coisas que precisam realmente de todo esse tempo, para que o resultado seja de louvar.

Foi o que aconteceu à surpreendente obra de Paulo Fernandes. Criou as suas músicas, lutou para aperfeiçoa-las, juntou pessoas interessantes entre os amigos, testou as mesmas músicas ao vivo, recrutou vários músicos até atingir a banda perfeita. Garcez e Garim foram os eleitos e maravilhosamente o trio forma a banda Slimmy. Há ainda um quarto elemento que chega mesmo a fazer magia com as suas mãos. Quico Serrano.

Tudo perfeitamente pronto e alinhado para a edição do disco de estreia de Slimmy.
«Beatsound Loverboy» vê a luz do dia no final deste ano de 2007 pelas mãos da Som Livre e Xinfrim. Uma aposta forte pelos homens do Porto.

O disco merece toda a atenção por parte dos seguidores do electro-rock e pelos amantes da novidade, da extravagância, do bem-estar. É tudo isto que Slimmy traz consigo, é tudo isto que vem compilado nos 11 temas deste disco.
Temas que vagueiam entre as batidas mais dançantes e desenfreadas como “Beatsound Loverboy” , “Bloodshot Star” ou “All You Gotta’ do is Stay Alive” , ou momentos mais intimistas como “Far From You” . Temas esses sempre com o mesmo sentimento.
Sempre com a paixão como pano de fundo em todas as músicas. E isso torna Slimmy uma banda apaixonada e apaixonante.

Ao vivo é notória tamanha força destes momentos musicais. Há uma força, uma energia, um encanto, que une Slimmy ao público que o segue constantemente.
O álbum «Beatsound Loverboy» serve de condimento para a memória de um concerto vivido. Serve igualmente para o arranque de uma noite inesquecível. Recomenda-se “Set Me On Fire”, o melhor tema do disco se me permitem a reflexão, ou para uma noite mais reservada, sentimentalista, com “Good Night, Good Souls” em som de fundo.

Um caminho em ritmo acelerado é encontrado em “On My Own”, uma atitude punk de lábios pintados de negro...
“You Should Never Leave Me” e “Show Girl” seguem um percurso firme e viciante. Duas peças de extrema elegância.
“Self Control” traz consigo ainda mais glamour e mais sedução carregada de sentimentalismos em forma de canção pop, o que dá ainda mais cor a este registo.

Um disco com varias vertentes, capaz de captar a atenção de todos, capaz de ficar no pódio dos eleitos melhores do ano.

Vitor Pinto

Para adicionar mais informações sobre Slimmy, agradecemos o contacto ou o envio de mais infos. Obrigado!

fenther@gmail.com

Mais Discos Fenther