Bandas/Discos | Crónicas | Livros | Eventos | DJ7 | Links | Apoios | Home


Mais Discos Fenther

Edições ao telescópio...

Dopo – «For the Entrance of the Sun»
Guizo - «Demo 2007»

Dopo

Dopo na aventura colorida do álbum “For the Entrance of the Sun”.
O início deste disco é feito com sons vindos de um deserto oriental. Sente-se uma dança exótica, num imaginário capaz de absorver os encantos deste projecto.
Caminhamos depois por percursos longos de 7, 8 e 9 minutos. Temas flutuantes que nos elevam ás fantasias e ao prazer de um ouvido recheado de purismo sonoro.

O ritual é feito por Andr é Gomes, Pedro Rios e Kamanu. Servem-se doses puras de guitarra, sons cintilantes e um tambor selvagem que proclama por vida. Psicadelísmos no seu estado mais consciente, no seu estado mais cristalino…

“For the Entrance of the Sun” celebra o lado mais puro do rock. A celebração celestial.
A união torna-se perfeita, quando aos Dopo, se juntam as maravilhas da Test Tube e da Lovers & Lollypops. A receita está completa. Há fumo novo, muito fumo a sair deste caldeirão de ideias que ferve. E nós, cá estaremos para tirar uma colherada!

Guizo

Descalçamos as botas, deixamo-nos confortáveis e calmamente nos entregamos ao som de Guizo. Um projecto de Pedro Conde e que nos chega das Taipas. Lugar este, que tem vindo a demonstrar boas colheitas nos últimos tempo. Mantra, Smartini, e agora Guizo.

Uma pequena amostra com quatro temas, mas mesmo assim, já se nota a grandeza e um futuro firme para este projecto taipense.
As influências pós grunge são notórias e assumidas. A melodia encaixa perfeitamente em todos os temas. O primeiro tema “Running from Yesterday” o mais viciante do disco, deixa-nos logo com a melodia na memória e com vontade de a voltar a ouvir.
Os dois temas seguintes, “Gone 4 2 Days” e “Problem for You” deixa-nos na suavidade e o refrão de cada uma são já factos notórios de singles contagiantes. Todos estes temas servem de excelentes singles.

Guizo apresenta-se assim da melhor forma. Sem complexos. Sem receios. Com muita vontade de caminhar em frente.
“Lonely Walls” o último tema, tema forte, deixa-nos com água na boca. Queremos mais. Força!

Vítor Pinto

Mais Discos Fenther