NEWS


Ana Margarida Prado vence o Prémio de Melhor Performance de Fado nos IPMA 2024

Maio 6, 2024

______________________________________________________________



Ana Margarida Prado vence o Prémio de Melhor Performance de Fado nos IPMA 2024.

A artista portuguesa é reconhecida internacionalmente antes do lançamento do álbum de estreia "Laço".

Ana Margarida Prado foi agraciada com o prestigiado prémio de Melhor Performance de Fado nos Prémios Internacionais de Música Portuguesa (IPMA) deste ano. A cerimónia, que aconteceu na madrugada deste domingo na cidade norte-americana de Providence, destacou o notável talento e a entrega emocional da fadista que, desde 2008, tem vindo a deixar bem marcado o seu nome e voz até nos mais exigentes apreciadores de Fado.

Os Prémios Internacionais de Música Portuguesa celebram e honram artistas de ascendência portuguesa que se destacam no panorama musical internacional.

Este reconhecimento chega a pouco mais de uma semana do lançamento do muito aguardado álbum "Laço", a estreia em nome próprio e em que podemos, comprovar a sua verdade natural, empatia interpretativa e singular talento. Esta vitória acrescenta, assim, mais um brilho especial à carreira da artista, demonstrando o alcance global e a apreciação do seu trabalho.

Movida pelo desejo de cantar poemas originais e cruzar a linguagem da tradição com a vida e musicalidade dos dias de hoje, Ana Margarida Prado convidou o poeta João Monge a escrever todas as letras do disco, contando este com fados tradicionais e temas inéditos de Agir, João Monge, Luísa Sobral, Marco Oliveira, Mário Laginha, Pedro Castro e Vitorino.

O resultado de todos estes encontros é conhecido na integra a 17 de Maio, dia da edição do disco que tem como single de avanço "Dois Altares.

A somar a todas estas novidades, Ana Margarida Prado está ainda nomeada na categoria Melhor Álbum de Fado, em colaboração com os Bela Ensemble, nos Play - Prémios da Música Portuguesa, que se realizam este mês, no Coliseu dos Recreios.

Com uma carreira que promete continuar a surpreender e inspirar, Ana Margarida Prado segue a sua jornada emocional através das raízes e da alma do Fado, e através da sua voz única e inconfundível interpretação.

“Laço”, o novo disco de Ana Margarida Prado, tem lançamento marcado para 17 de Maio, com edição do Egeac | Museu do Fado em Lisboa e apoio da Sociedade Portuguesa de Autores.



Sobre Ana Margarida Prado
Contando com mais de 16 anos de percurso profissional, Ana Margarida Prado descobre, ainda na infância, o fado e folclore da Beira Baixa pela voz de sua mãe, estudando depois piano e música clássica. O impulso decisivo é dado com um brilho promissor no Porto, ao ser laureada com o Prémio Revelação da Gala de Fados do Teatro Sá da Bandeira, em 2008. Na mudança para Lisboa, faz dos palcos das casas de Fado mais emblemáticas da capital o seu lar artístico: Sr. Vinho, Adega Machado, Fado ao Carmo, Maria da Mouraria, entre outras, testemunham a magia da sua voz.

Convidada a participar em projectos musicais de renome como +351 – Os Fados de João Gil e João Monge, Bela Ensemble (nomeados este ano para os Prémios Play) e Rio Lisboa, Ana Margarida Prado empresta a sua voz ao single do disco "Moça Morena". Em Março de 2022, dá início a uma residência artística na Fábrica Braço de Prata. Ao lado de nomes como Júlio Resende, João Frade, Martín Sued, Tomás Marques, entre outros aclamados músicos, desafia os limites do Fado ao explorar novas sonoridades e formações, expandindo a sua versatilidade enquanto intérprete, cantora e fadista.

Em 2023, é convidada pelos Bela Ensemble para dar a voz ao disco de estreia deste projecto experimental. O original colectivo cruza o universo do fado com sonoridades e ritmos que vão do flamenco à música afro-latina e sul-americana, música progressiva, rock e até ao metal, mas sempre com o Fado como base.



Fenther @ Todos os direitos reservados