2011


2008




2015

Rita Braga - Gringo in São Paulo

Num festivo e animado momento, Rita Braga regressa às edições com "Gringo in São Paulo". Um EP com inspirações brasileiras e que vem trazer a vontade para ouvirmos mais, daquele que será o seu segundo álbum de originais. É o regresso ao activo de Rita Braga depois de um retiro espiritual de alguns anos.

(*****)


Discos anteriores

"Cherries That Went To The Police"


Entrevistas

Fenther Access All Areas



Ler

Rita Braga (Lisboa, 1985) é cantora, autora e intérprete de canções, com um repertório eclético de versões que vão desde versões de Mozart no ukulele ao folk sérvio, português, sueco ou russo, canções de cowboys, jazz dos anos 20 e 30 ou clássicos de bollywood. Também é autora de bandas sonoras, deu voz a personagens de filmes de animação, música para publicidade e produziu cabarés imprevisíveis na cidade do Porto, onde reside atualmente.
Um percurso nas artes visuais influenciou a sua música e performances ao vivo. Frequentou cursos de ilustração, banda desenhada e animação, tendo trabalhado nestas áreas e participado em exposições coletivas. Licenciou-se em Ciências Musicais na Universidade Nova de Lisboa.
Desde 2004 tem-se apresentado ao vivo um pouco por toda a Europa, Estados Unidos e Brasil, em contextos diferentes que vão desde bares, auditórios, galerias de arte, festivais. Mais frequentemente atuando a solo na voz e ukulele, por vezes junta teclados, guitarra e faixas pré gravadas ao set e conta pontualmente com colaborações ao vivo.
Em 2011 lançou o album de estreia “Cherries That Went To The Police”, produzido por Bernardo Devlin, aclamado pela crítica e pelo público.
Outras colaborações incluem artistas nacionais e internacionais tão diferentes em estilo como Borts Minorts, Bernardo Devlin, Dorit Chrysler, Felix Kubin, Vítor Rua, Presidente Drógado, Norberto Lobo, Uni and Her Ukelele ou The Legendary Tigerman.
Em 2012, durante a sua primeira tour no Brasil, Rita Braga formou a sua primeira banda de formação “rock” em São Paulo (com guitarra elétrica, bateria e baixo), que baptizou de Indiozinhos Psicodélicos. A banda seguiu-a em tour nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Em 2013 gravou um EP com temas originais compostos durante a estadia no Brasil com a participação destes e outros músicos de São Paulo (lançamento em Março de 2015).


Ouvir

superbraguita.com/sounds/songs


Ver

www.youtube.com


Contactar

www.superbraguita.com

www.fenther.net ® Todos os direitos reservados @ 2015

Para corrigir ou acrescentar algo: geral@fenther.net


Mais Discos Fenther