VOA 2019 - ARCH ENEMY e THORMENTHOR encerram cartaz

ARCH ENEMY são a mais recente confirmação internacional na decima edição do VOA – HEAVY ROCK FESTIVAL, que se realiza este ano no Estádio do Restelo, em Lisboa. O conceituado projeto sueco junta-se aos já anunciados SLIPKNOT e SLAYER, cabeças de cartaz do evento nos dias 4 e 5 de Julho, respetivamente, assim como aos LAMB OF GOD, TRIVIUM, GOJIRA, WHILE SHE SLEEPS e CANE HILL. Depois do memorável concerto em 2012, quando o festival ainda se realizava em Vagos, a banda regressa agora com Alissa White-Gluz atrás do microfone, para apresentar o seu mais recente trabalho, «Covered In Blood», uma explosiva coleção de versões que sucedeu ao muito aplaudido «Will To Power», de 2017.

VOA – HEAVY ROCK FESTIVAL contará ainda com alguns dos maiores nomes do metal português como MOONSPELL, WAKO e RASGO, aos quais se juntam agora THORMENTHOR num inesperado regresso aos palcos com a formação que gravou a estreia «Abstract Divinity». Um muito desejado retorno, por parte de um clássico de culto do underground dos anos 90, que vai certamente tornar estes dois dias de concertos ainda mais inesquecíveis.

Os ARCH ENEMY cresceram exponencialmente quando, num momento de génio, Michael Amott decidiu contratar Angela Gossow para substituir Johan Liiva antes da gravação de «Wages Of Sin». Depois, quando Gossow abandonou o projeto, o guitarrista e estratega da banda não demorou a encontrar uma escapatória para uma situação que, para um músico com menos visão, poderia ter sido fatal. Mais de duas décadas, onze álbuns, reconhecimento em larga escala e incontáveis voltas ao globo depois, «Will To Power» (de 2017) provou que o grupo – que conta hoje também com Jeff Loomis, ex-Nevermore, como guitarrista – continua tão (ou ainda mais) motivado e inspirado. Com a muito versátil Alissa White-Gluz a comandar os procedimentos com punho de ferro, passaram os últimos anos a mostrá-lo, perante plateias totalmente esgotadas na Europa, nos Estados Unidos, na Ásia e no Japão.

Formados em Almada, em 1987, os THORMENTHOR foram pioneiros da fusão death e black metal em Portugal e ganharam popularidade no underground com as três maquetes que editaram até 1989. Em 1991 viram os seus esforços compensados com a edição do single «Dissolved In Absurd» e com participações nas coletâneas «The Birth Of A Tragedy» e «Mortuary Vol.» e em 1994 editaram o álbum de estreia, «Abstract Divinity». É aí que solidificam a sua formação “clássica”, composta Miguel Fonseca, Pedro Quaresma, João Paulo Dias e Pedro Campos. Não muito tempo depois, mantendo a mesma formação, o grupo acabaria por transformar-se em MOFO, deixando uma marca indelével no mapa do underground dos 90s, que se foi intensificando durante os anos seguintes. Os músicos foram vendo o culto à sua volta aumentar e, mais de duas décadas depois, reaparecem no palco do VOA – HEAVY ROCK FESTIVAL para um concerto muito especial.

Os bilhetes para o evento custam 75€ (passes) e 50€ (bilhete diário), e já estão à venda nos locais habituais.

Pontos de venda de Bilhetes:
Ticketline, Blueticket, Festicket e Unkind.
Em Espanha: Masqueticket.


www.voa.rocks



Fenther.net © 12/02/2019