A Date With Lux com Birds Are Indie e Spicy Noodles

A Date With LUX

A Date With Lux não é um festival. Não é um concerto. Não é uma performance. É isso e muito mais. O objectivo da Lux Records é iniciar um ciclo de actividades artísticas e de multimédia de entidades com ligações umbilicais, passadas, presentes ou futuras, à editora conimbricense. Desde os espectáculos musicais às edições discográficas, do lançamento de livros a exposições de fotografia, dos videoclipes aos documentários.
A próxima actividade acontecerá com um concerto no Teatro Académico de Gil Vicente (Coimbra), no dia 19 de Janeiro, com os Birds Are Indie e as Spicy Noodles.

Os BIRDS ARE INDIE nasceram em Coimbra, em 2010, entre Ricardo Jerónimo e Joana Corker, que se apaixonaram há 20 anos e aos quais se juntou Henrique Toscano, um amigo de longa data. Banda independente, tem-se afirmado junto do público e da crítica, bem como tocado por todo o país e por Espanha, onde apresentam a sua forma peculiar de estar em palco. Depois de vários EPs e 3 álbuns, 2018 trouxe consigo o longa-duração «Local Affairs», editado na conimbricense Lux Records onde, aliada às melodias pop e ao seu habitual intimismo, a banda mostra uma nova faceta, mais “musculada”.
O concerto servirá para assinalar o lançamento em vinil (com 2 temas novos) do disco "Local Affairs" dos Birds Are Indie.

Spicy Noodles nasceu no verão de 2016, quando Érika Machado (BR) e Filipa Bastos (PT) puderam experimentar, pela primeira vez, uma imersão numa residência artística. Essa experiência teve duração de três meses e aconteceu em três pequenas vilas alentejanas, onde surgiram as primeiras músicas do projeto e os primeiros vídeos. A sonoridade deste duo é imersa em samplers, guitarras, teclados, baixo e bits electrónicos, que são misturados como pacotes de temperos instantâneos para uma explosão de sensações em cada uma das canções.


Birds Are Indie
Voz, guitarra - Ricardo Jerónimo
Voz, bateria, teclado - Joana Corker
Guitarra, bateria - Henrique Toscano
Baixo, teclado - Jorri (convidado especial)

Spicy Noodles
Voz, guitarra, teclado - Érika Machado
Voz, baixo, teclado, sampler - Filipa Bastos

Auditório TAGV - Coimbra
Duração aprox. 2h00 (com intervalo)
M/ 6 - €10 / €8 (< 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo = 10, desempregado, parcerias )

BILHETES: TAGV / BOL / FNAC


BIRDS ARE INDIE
Os BIRDS ARE INDIE surgiram lá atrás, em 2010, quando Joana Corker e Ricardo Jerónimo – um par já muito enamorado na altura e que tão bem enamorado continua(rá) – decidiram que era tempo de juntar três acordes e fazer uma música. Mas como só dois era pouco e afinal foram três acordes que os fizeram nascer, aos dois Birds juntou-se um amigo de longa data, Henrique Toscano. Estava montado o trio de afinados “pássaros” para definir um plano: serem uma banda. Ora e se três pontos definem um plano, três amigos mais três acordes, definem um distinto plano. Se provas forem precisas para atestar que a geometria apresentada está correcta, no palmarés do trio contam-se já vários EP’s e três álbuns auto-editados: “How music fits our silence” (2012), “Love is not enough” (2014) e “Let’s pretend the world has stopped” (2016). Com "Local Affairs" chegaram ao seu 4º longa-duração, juntando-se à família da Lux Records, histórica editora de Coimbra, cuja actividade tem fervilhado nos últimos anos, com edições de The Twist Connection, Ghost Hunt, d3ö, Raquel Ralha & Pedro Renato, The Legendary Tigerman, Sean Riley & The Slowriders, entre muitos outros. Em ebulição está também o estúdio conimbricense Blue House, onde o disco foi gravado, com a preciosa colaboração na produção de João "Jorri" Silva (a Jigsaw, The Parkinsons). Como este músico também se junta habitualmente ao trio, em palco, tornou-se de forma natural em convidado especial nas gravações, ao qual emprestou o seu talento nas teclas e no baixo.
Neste cenário de cumplicidade musical (e não só) que se tem sentido em Coimbra, a banda foi-se entregando a diversos “affairs” que influenciaram a construção do álbum, desde o som, a algumas letras, passando pelo artwork. "Local Affairs" tem a assinatura dos Birds Are Indie: canções pop, com melodias contagiantes e descontraídas. Com arranjos elaborados, acrescentam uma faceta algo musculada às composições, onde se sente a pulsão do baixo e o impulso da bateria, que convidam a abanar a anca e a bater o pé.

Spicy Noodles
Spicy Noodles nasceu no verão de 2016, numa residência artística à qual se seguiram as primeiras apresentações ao vivo, no Festival Atalaia Artes Performativas. “Ficámos tão contentes com o resultado que decidimos tentar mostrar o projecto Spicy Noodles por aí, por onde nos quisessem receber. Quiseram-nos receber em muitos espaços espetaculares (o que nos deixou bastante contentes, sorridentes e motivadas) além disso, recebemos o maravilhoso convite do Henrique Amaro para inserir uma das canções do projeto no CD Novos Talentos FNAC’17, que tem levado a nossa música a um público ainda maior.” Os temas abordados são variados e falam sobre o quotidiano traçado, como a casual «Converseta» de esquina para a vida extenuante de «José Francisco», e os momentos registados nestas anotações musicadas, poderão de forma «Leve Leve» ser a sua «Canção do coração». Em 2017, conquistaram o 1º lugar no prémio "World Academy - Novos Criadores" e actualmente encontram-se a preparar o seu disco de estreia.



www.facebook.com/ADateWithLux



Fenther.net © 08/01/2019