A.A.A.
Access All Areas



Estivemos à conversa com Cave Story.

Fenther – A vossa história...
Cave Story – Três garotos das Caldas da Rainha, Gonçalo Formiga, Pedro Zina e Ricardo Mendes juntam-se em 2013 e formam uma banda, Cave Story. Em Janeiro de 2015 editam o primeiro EP Spider Tracks. Agora editam o primeiro LP ‘West’.

Fenther – É complicado editar discos em 2016?
Cave Story – Não temos experiência a editar discos noutra altura. Na nossa experiência há muito trabalho e nervosismo. Mas em questões mais práticas, talvez nunca tenha sido tão fácil chegar às pessoas. Internet, streaming etc.

"Há mesmo muita coisa boa a aparecer e que já cá estava. E cada vez é mais fácil encontrar e ouvir."

Fenther – Há convidados neste registo?
Cave Story– Sim. O Manuel Simões dos Norton toca guitarra em três músicas. Microcosmos, Baguettes e Running With Baguettes. E o Nuno Rodrigues dos Glockenwise toca guitarra e canta na Like Predicted.

Fenther – E ao vivo?
Cave Story– No concerto de apresentação em Lisboa o Manuel tocará connosco. No Porto será a vez do Nuno. Iremos também contar com a presença do nosso amigo Zé Maldito que toca cassetes em algumas passagens e Atari Punk Console.

Fenther – Onde vão apresentar este "West"?
Cave Story – Lisboa dia 11 de Novembro Musicbox. Porto dia 19 de Novembro no Espaço Plata (Rua Braamcamp).

"Na nossa experiência há muito trabalho e nervosismo."

Fenther – Estado da nova musica nacional? O que recomendam?
Cave Story– Sim acompanhamos, mas o melhor conselho que podemos dar é que estejam atentos. Há mesmo muita coisa boa a aparecer e que já cá estava. E cada vez é mais fácil encontrar e ouvir.

Fenther – E a seguir? O que vão fazer os Cave Story?
Cave Story – Mais discos mais concertos, é o que podemos pedir.

Vitor Pinto