XVI EDIÇÃO BRAGA ROMANA
REVIVER BRACARA AUGUSTA

De 22 a 26 de maio a cidade de Braga vestiu-se a rigor para comemorar a fundação da opulenta cidade de Bracara Augusta.Ao longo de cinco dias os bracarenses debruçaram-se sobre este pedaço da sua história que se revelaram fundamentais em diversos momentos da sua existência.Foram momentos propícios para absorver sabores e cheiros, ninguém fica indiferente à festa que se vive na cidade com a Braga Romana,as pessoas vestem-se a rigor, deliciam-se com as iguarias romanas, encantam-se as bailarinas e as danças ao som da música do Deus Lupercus,divertiram-se com as pantominas dos atores com personagens inspiradas na mitologia romana e outras figuras do imaginário que invadiram a Opulenta Bracara Augusta e interagiram por todo o Mercatus fazendo da Braga Romana uma viagem de 2000 anos mágica, hilariante e fantasiosa.A Braga Romana ofereceu uma viagem pela história de Bracara Augusta que só é possível graças ao envolvimento de instituições, associações e escolas que evocaram o passado da cidade fundada por César Augusto.Assumindo-se como um importante tributo histórico, a Braga Romana tornou-se num dos principais momentos de pedagogia, animação e atração turística da cidade.As ruas do Centro Histórico foram,mais uma vez,o palco priviligiado para a reconstituição das atividades económico-sociais da época, para representações teatrais,cortejos,espetáculos e animação de rua constante.A Braga Romana proporcionou mais de 72 horas de programação ininterrupta e cerca de 200 espectáculos em palco.

Fundada há mais de dois mil anos, sob a proteção dos deuses registou-se para os anais da história a opulenta Bracara Augusta e vingou para a eternidade como a capital da provincia romana da Gallaecia(Galiza e norte de Portugal).A Braga Romana faz parte da estratégia de preservação da memória e partilha do conhecimento sobre o legado de Bracara Augusta.Na sua XVI edição a antiga civitas de Bracara Augusta apresentou-se com uma ação cultural de significativo envolvimento comunitário, colocando à disposição do grande público um contacto mais efetivo com a memória da civilização romana no território bracarense.Reviver Bracara Augusta permitiu o acesso a diferentes propostas que pretenderam evocar a economia, religião, gastronomia, artes, ocio, entre outros temas do quotidiano daquela urbe romana.Esta iniciativa é uma oportunidade para Braga voltar à sua origem e ao mesmo tempo projetar o futuro, mostrando o valioso património romano que possui, nomeadamente, o núcleo museológico das Termas Romanas e o Teatro do alto da Cividade e Carvalheiras, a Fonte do Idolo, a Domus da Sé. O Museu de Arqueologia D.Diogo de Sousa, entre outros espaços que encontramos em cada rua. A Braga Romana é uma ação conjunta que envolve museus, sítios arqueológicos e agentes culturais, que culmina, anualmente, em cinco dias de celebração.Em 2019, esta recriação histórica proporcionou mais uma inspiradora viagem por uma das mais significatívas páginas da história de Braga..☆


Fotos e Texto: Paulo J. Pinto


      

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

+ Aftershows      

      geral@fenther.net       Ficha Técnica     Fenther © 2006