São Marteenho na ZDB

Festa de S. Marteenho:

No dia 11 fomos à “Festa de São Marteenho”, um evento de apresentação do novo trabalho dos Veenho na ZDB e que contou com a presença de diversos convidados da banda; uma celebração entre amigos nesta que é como que uma segunda casa para muitos de nós.

O primeiro artista a subir a palco foi João Raposo, uma rapaz tímido, que agarrado à sua guitarra canta a Lisboa de todos nós, foi um bom começo num dia cheio de musica criada por jovens que fazem mexer o movimento indie português.

A expectativa era grande, seguia-se Zina, membro dos Cave Story que visitámos no Musicbox no passado mês de Setembro e que são uma das bandas revelação do panorama musical português dos últimos anos. Zina subiu a palco em modo “karaoke”, como o próprio indicou, apenas acompanhado da sua guitarra e laptop. O musico foi bastante comunicativo enquanto apresentava as suas canções, oro cantadas com voz, ora com guitarra.

Por entre os concertos, e de forma a não deixar arrefecer a sala nesta noite fria, Kerox manteve a chama acesa com as suas escolhas musicais num DJ Set irrepreensível.

Primeira Dama é um nome que aos poucos se torna mais familiar; No entanto, o que se passou na sala da ZDB foi algo totalmente novo! “Primeira Dama Maldita” junta Primeira Dama a Zé Maldito (novo membro dos Cave Story), numa nova vida mais expansiva e criativa. Frente a frente estes dois jovens com registos tão dispares, fundem-se e trazem um nova roupagem à Primeira Dama que só trouxe pontos positivos.

Shaloin Soccer, primeiro concerto. Foram a revelação e o primeiro momento alto da noite. Gonçalo Formiga, vocalista e guitarrista dos Cave Story apresenta-nos a sua nova banda e para surpresa coloca-se no lugar de baterista, cantando por vezes em alguns dos temas, na guitarra e voz temos Manuel Simões (Norton). E se os Cave Story fazem lembrar um pouco a era Post Punk/80’s, os Shaolin Soccer remetem-nos para um indie rock dos 90’s, com uma ou outra piscadela de olho ao Punk, tão bem conseguido... Para ponto de partida não poderia ter sido melhor, agora resta-nos esperar e ver crescer este novo projeto!

A fechar o palco, a festa depois prosseguiu no bar, tivemos os Mestres da noite, quem nos ofereceu todo este leque de artistas numa so data e numa das mais interessantes salas de Lisboa. Os Veenho são uma banda jovem e cheia de talento, serão um nome a figurar nos cartazes dos festivais nos próximos anos, seguindo o que tem acontecido com alguns dos artistas que vemos neste underground indie apadrinhado por grupos e editoras como a Maternidade, Xita, Cafetra, entre outros. Depois de “Veenho”, segue-se agora o novo trabalho “Veeenho”, e não poderíamos ter tido melhor festa de lançamento. Os Veenho trazem os amigos e em palco mostram aquilo que são: uma banda que quer ir mais além e que o irá conseguir, têm o potencial e provaram-no nesta noite: o palco é deles. Uma banda a não perder de vista!

A festa terminou com Dj Set de Manas do Mal b2b Caguinchas Soundsystem que animaram que ficou para beber mais um copo e conversar com os musicos que encheram a zdb de energia e bons momentos. A organização do evento e a ZDB estão de parabéns! O nosso obrigado!


Fotos: Filipe Martins



      

João Dória

    



Pedro Zina

    

    

    

    

Primeira Dama Maldita

    

    

    

    



Shaolin Soccer

    

    

    

    

Veenho

    

    

    

    

    

Kerox

    


+ Aftershows      

      geral@fenther.net       Ficha Técnica     Fenther © 2006