Aftershow

Jill Scott e Charlie Wilson no edp cooljazz

O EDP Cool Jazz, e as suas cool energies, voltaram uma vez mais aos míticos Jardins do Palácio do Marquês de Pombal. Com um recinto que agora dispõe, de uma maior oferta a nível de cadeias alimentares, juntamente com a inerente beleza do espaço, e um cartaz cheio de nomes relevantes no mundo da música, o convite está mais que feito para encher as cadeiras.

Foi com a primeira noite, que se viu desde logo o alcance do festival. Para assistir aos concertos de Charlie Wilson e Jill Scott, o público compareceu em grande número, deixando unicamente lugares de pé, entre as demais pessoas da multidão. Tal situação verificou-se já durante a primeira parte com Charlie Wilson, o ex-líder dos The Gap Band que nessa noite roubou por completo as luzes da ribalta, foi o melhor momento da noite. Munido de um vasto guarda-roupa para si e para as suas bailarinas, com bailarinos também à mistura, dispôs para todos um verdadeiro espectáculo, uma energia contagiante que levantou todas as pessoas numa noite que resfriava. Entre danças e constantes diálogos com o seu público, foi uma autêntica celebração.
Mas toda esta excitação teve uma súbita queda, entre Charlie Wilson deixar o palco e Jill Scott aparecer, meia hora facilmente passou, e as pessoas sentavam-se e encolhiam-se com o frio crescente. Até que por fim, Jill Scott fez a sua aparição, a sua estreia em Portugal, com um cachecol de Portugal ao pescoço, e a sua banda a tentar induzir energia de novo nas pessoas. Abriu o seu espectáculo com Coming To You e He Loves Me, apresentando uma forte presença em palco, solene, com uma voz digna do festival. No entanto isso não foi o suficiente, pois viu-se um bom número da multidão a diminuir, a refugiar-se do vento, a dar a noite por encerrada.

Texto: Tobias de Almeida
Fotos: Ana Pereira



Mais Reportagens Fenther