Iberanime 2018

Pelo oitavo ano consecutivo Lisboa teve o prazer de receber uma das festas que melhor celebram a cultura pop e popular nipónica actual – O Iberanime.
Como é já hábito nos últimos anos, o Parque das Nações vestiu-se a rigor para receber o festival que melhor expressa aquilo que esta sub-cultura Japonesa tem para dar e cujos temas e personagens grande parte de nós conhece, nem que seja de vermos passar na televisão, de uma ou outra publicação ou porque algum amigo ou conhecido já nos falou.
Video-jogos, Anime, Manga, Cosplay são termos que se tornaram já correntes na linguagem dos nossos dias e que são o mote deste festival, que para além de servir de uma montra do mais tradicional, bem como do contemporâneo serve também como escape para aqueles que gostam de incorporar as suas personagens favoritas sem serem olhados de lado.
Ocupando o Altice Arena por completo o evento decorreu nos passados dias e 26 e 27 de Maio e trouxe ao pavilhão centenas de pessoas que vieram não só para a diversão do evento mas também para os vários concertos,apresentações, workshops e concursos.
O ambiental é jovial mas não exclusivamente pois o público é bastante abrangente em termos de idades e descontraído o suficiente para que estas várias pessoas possam interagir entre si sem barreiras de idade.
No andar de baixo o Iberanime partilhou o espaço com o Eurogamer Portugal Summer Fest, o maior festival de videojogos que decorre no nosso país, onde dezenas de visitantes se reúnem para conhecerem e experimentarem novas peças que lhes permitam disfrutar dos seus jogos favoritos, mas também experimentarem demos exclusivas e participarem em torneios, que não só lhes trazem reconhecimento nas respectivas comunidades, mas também lhes garantem prémios que não desiludem. Os restantes espaços estavam divididos entre as áreas de comércio, com dezenas de bancas com uma das maiores ofertas de roupas, action figures e acessórios deste mundo já vista, palcos para concertos, do mais pequeno ao principal onde decorrem os concursos, espaços para workshops variados e ainda algumas bancas de comida.
No andar central, uma pequena sala com algumas demonstrações dedicadas não só a Anime e Manga, mas com especial foco em Star Wars (batalhas de sabre luz incluídas).
O andar de cima está reservado a pequenos comerciantes e artesãos que vem apresentar as suas cirações inspiradas neste ambiente, bem como mais alguns workshops, algumas bancas de comida, e acesso à bancada dos principais eventos.
Workshops de artes marciais, de desenho, de técnicas samurais/uso de katana, Karaoke, muita a animação que permitiu encher e entreter durante dois dias um público que conhece e que gosta de ser surpreendido.
A parte mais interessante é precisamente ver esse público incarnar e desfilar as suas persoagens favoritos pelo recinto, com pompa e orgulho, envergando não só as vestes mas também as respectivas armas e acessórios. É surpreendente desfilar pelo recinto nestes dias porque não há um momento a que resistamos abrir a boca de espanto, apontar o dedo e dizer "Vai ali um Jareth", "Olha ali um Pikachu", "Boa, um Naruto" ou tantas outras similares que nos podem sair de surpresa e agrado.
Para além de todo o entertenimento que existe pelo recinto,temos ainda os concursos que para quem vê é puro entretenimento, mas para os respectivos participantes é um assunto sério, para o qual trabalharam um ano e que orgulhosamente vêem aqui apresentar. Cosplays excepcionais, performances geniais, estes concursos são uma obrigação para qualquer visitante do Iberanime, pois o empenho dos participantes é excepcional e merece a devida atenção.
Como já hábito houve o normal confronto de cosplayeers, que é sempre uma surpresa, tanto pelos disfarces, performances ou vozes que nos são apresentados.
Tivemos ainda o prazer de assitir ao concerto de uma das estrelas do J-Pop, Riho Iida, artista de 26 anos que tem vindo a vinvar a sua presença no cenário do anime com temas de abertura e fecho para a várias séries, sendo de destacar o tema Aoi Honou Syndrome (Blue Flame Syndrome), que serviu de genérico final para o anime Digion Universe : Appli Monsters.
Para quem visita e não conhece o Iberanime é um abiente peculiar, onde nos confundimos entre a fantasia e o real. Para quem já navega no ambiente é um oportunidade de "conhecer" as personagens favoritas, explorar um pouco melhor este universo tão especial e interessante que é a cultuta pop Japonesa, de se mesclar com um universo que só existe no papel ou no ecrã, mas que para muitos, é uma realidade.

O Iberanime estará em Lisboa novamente em 2019, e faremos questão de lá estar novamente para explorarmos este universo, que tal como nos Animes, sem darmos por isso somos a personagem principal e estamos a viver uma aventura.☆

Texto: Filipe Martins
Fotos: Carlos Ferreira


      


    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

+ Aftershows      

      geral@fenther.net       Ficha Técnica     Fenther © 2006