Blast Zone

Efrim Manuel Menuck
01.07.18 – Passos Manuel, Porto

Há concertos que se vêem para celebrar o momento e fazer a selfie, outros porque se procura ver a recriação da obra e outros ainda porque se quer experienciar a música. A actuação de Efrim Manuel Menuck, na sala do Passos Manuel, inscreveu-se nesta última opção, com o artista canadiano a actuar cerca de uma hora, ao lado de Kevin Doria dos Growing e Hiss Tracts. O duo manipulou todo um set de máquinas, que quase sempre teve um maior protagonismo que a voz de Efrim.

Menuck é conhecido pelo trabalho com Godspeed You! Black Emperor e A Silver Mt. Zion, mas com «Pissing Stars» tem já o segundo trabalho a solo na sua editora, a Constellation Records. Deste disco, «LxOxVx/Shelter In Place» foi talvez o tema mais semelhante ao original, com os restantes, como o hipnótico «A 12-pt. Program For Keep On Keepin' On», a serem muitas vezes descaracterizados pela electrónica de Kevin, ou mesmo pelos loops e efeitos de distorção que Efrim empregava sobre a sua voz, destruindo quase por completo o seu frágil tom.

Ao reconstruir os temas, o canadiano conferiu à actuação um carácter mais tenso, permitindo aos presentes presenciar uma experiência única, diferente da mera reprodução de canções já executadas, como um bónus para aqueles que, numa noite de domingo, preferiram enfrentar a desagradável chuva e largar o conforto da casa.

Interessante? Sim. Fácil? Não. Um concerto crú, por vezes quase minimalista, como quando assentou na execução de três notas toda uma estrutura de um tema longo, ou quando se despediu do público com uma frase em permanente loop.☆

Rita Afonso







☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆☆


      geral@fenther.net       Ficha Técnica     Fenther © 2006