Aftershow

Ana & Jorge

Sábado 29, o Pavilhão Multiusos recebeu para o segundo concerto no nosso país, Ana Carolina e Seu Jorge.

Ana & Jorge pela primeira vez em conjunto em Portugal, brindaram Guimarães com uma actuação que certamente ficará na memória de quem assistiu. Apesar de já por cá terem passado a solo, esta digressão marca a comemoração da parceria com dez anos de existência.
Após o atraso de alguns minutos para começar, devido à grande afluência de público, foi possível ver um pavilhão totalmente cheio e ansioso.

" É isso aí ", a versão de "The Blower's Daughter" de Damien Rice, foi um dos inúmeros pontos altos da noite, arrancando vários sorrisos da plateia e fazendo com que se soltassem as vozes. Impossível não notar o gozo e química que ambos exalam em palco. Tocaram vários êxitos como "Burguesinha", que levantou o público e pôs toda a gente a dançar, "Pra rua me levar", "Quem não quer sou eu" e "Mais uma vez (nós dois)", que deixa de fora a melancolia de "É isso aí" para celebrar, um encontro, uma amizade, na euforia necessária de o fazer.
Os músicos confessaram ainda a alegria de estar em Portugal, de voltar e receber todo o carinho do público português, facto que fez com que fossem de novo ovacionados. Retribuíram com música e da melhor forma possível.
Ana Carolina ainda tocou pandeiro, gracejou, sorriu, soltou a poderosíssima voz que tem e mostrou porque é considerada uma das melhores cantoras do Brasil. Vieram ainda "Carolina", "Garganta", "Zé do Caroço" e "Mal acostumado", esta última adaptada pela dupla, e em Guimarães parecia ter-se esquecido que a plateia estaria sentada, todos dançavam e vibravam a cada canção.

Na despedida, entre abraços e danças entre ambos, os fãs entregaram presentes e rosas, agradecidos com cumprimentos e beijos. Após a saída de palco, ninguém queria arredar pé. Ainda se cantava mesmo sem música, batiam-se palmas, gritavam e ainda houve quem pedisse ao Seu Jorge para lhe fazer um filho. Voltaram para o encore, com o "Beat da Beata". Em tom de adeus, como "a razão é do freguês", ninguém ficou indiferente à energia contagiante da dupla.

Guimarães marcou o final das apresentações em Portugal, ficando a esperança num regresso breve, afinal falar de Ana e Jorge fica além da música, é falar de qualidade, parceria e amor.

Texto: Irina Correia
Fotos: Catarina Costa


Mais Reportagens Fenther