Aftershow

Amplifest 2016 - Dia 0

Amplifest
Dia 0 - Aluk Todolo
19 de Agosto 2016
Cave 45, Porto

Nova edição de Amplifest, excepcionalmente em Agosto. Neste sexto festival, o dia zero começou com os Aluk Todolo, já presentes em 2013, e que repetiram a premissa dessa altura: um trio, desenvolve uma mistura de krautrock e black metal, num palco iluminado apenas por uma lâmpada, cujo brilho varia ao longo da actuação.
O conceito funciona bem, porque os músicos se revelam incansáveis, apostando num set que ultrapassa os 45 minutos e no qual nunca param. A sala cheia recebeu bem a entrega destes franceses, mesmo quando, quase no final, o guitarrista Shantidas Riedacker, salta do palco para a plateia, percorre a sala e estraga a lâmpada, improvisando com uma lanterna. Isto, sempre com o baterista Antoine Hadjioannou num ritmo imparável.
No fim, uma pausa e o regresso da banda em algo que pareceu mais como um segundo set, do que um encore. No total quase mais trinta minutos, agora numa toada mais doom.

Texto:Rita Carvalho
Fotos: Emanuel Ferreira


Mais Reportagens Fenther