Agnes Obel, 25/06/17- Teatro Tivoli

No passado domingo, o teatro Tivoli BBVA em Lisboa abriu as suas portas para receber a estreia de Agnes Obel, artista Dinamarquesa cuja carreira, iniciada em 2009, já conta com três discos (Philarmonics em 2010, Aventine em 2013 e o mais recente Citizen of Glass de 2016), nos quais nos convida a sonhar com um universo só seu. Agnes fez-se acompanhar por uma banda composta por outros três elementos que dão vida, no palco, à percussão e cordas. O concerto começou quando o relógio marcava as 22H30, um palco soturno com luzes baixas e uma tela ao fundo com tons de azul. A banda entra em palco e Agnes convida o público a conhecer o seu universo com "Citizen of Glass" tema-titulo do seu mais recente trabalho. A sua voz ressoa pelas paredes do teatro e toca em cada um dos espectadores de tal forma que ninguém lhe fica indiferente. O público rendeu-se à magia de Agnes desde o primeiro instante e Agnes retribuiu; partilhou connosco uma viagem quase transcendental que percorreu os três discos -obras primas- que trouxe consigo acompanhada pelo seu velho piano (que esta revelou que estaria prestes a quebrar devido à idade). A artista dirigiu-se várias vezes ao público, não esquecendo os elogios a Lisboa, a cidade que acabara de conhecer e que a fez pensar "eu podia viver aqui!" como confidenciou ao público que encheu o Tivoli para testemunhar a sua estreia por terras Lusas.
Por entre temas como "It's Happening Again", "Dorian" e "The Curse", não faltaram momentos brilhantes na actuação de Agnes na cidade que a acolheu tão bem. Perto do final, ouviam-se vozes que pediam "Riverside", o single de estreia da sua carreira, e foi com esse tema que se deu a despedida já perto da meia noite; o público regressou ao mundo real com a alma preenchida e de coração cheio.

Aguardamos agora por mais magia e por mais visitas de Agnes Obel a Portugal.☆

Texto: Carlos Ferreira
Fotos: Filipe Martins


                              


    

    


+ Aftershows      

      geral@fenther.net       Ficha Técnica     Fenther © 2006