3 a Solo

O "Três a solo" regressou para 3ª edição, no Cine-Teatro Garrett, na Póvoa de Varzim a 27 de Outubro.
Característico por ser um concerto único, dividido em três actuações distintas, prima pelo ambiente intimista, pela proximidade do público, remetendo-nos para a ideia de um concerto privado na nossa própria sala de estar. A primeira actuação ficou a cargo de Luca Argel, o músico brasileiro, que vive há seis anos no Porto e que trouxe o samba no coração. Temas como "Acanalhado", "Rua da Consolação" e "Ninguém faz festa" puderam ouvir-se, juntamente com temas do próximo álbum que será editado em 2019.

De Alcobaça, chegou-nos Mr.Gallini, um dos pseudónimos de Bruno Monteiro, projecto a solo do baterista dos Stone Dead. Pode dizer-se que este projecto é o lado mais acústico do músico, misturando o punk e rock n' roll com a explosão electrónica e a irreverência com que se apresenta. Ouviram-se temas do álbum "Lovely Demos", como "Bad Mood", "In my arms" e "It Seems to Be".

A última actuação da noite, foi com o cabeça de cartaz, Tó Trips. O músico que dispensa apresentações, guitarrista e co-fundador dos Dead Combo, veio nas palavras do próprio "Fazer o que costumo fazer em casa, tocar". Mestre no que faz, acompanhado de cinco guitarras distintas, começou por transportar o público numa viagem sem destino, lá longe da sala de estar do Garrett. Regressou-se apenas a cada aplauso. ☆


Texto: Irina Correia
Fotos: Catarina Costa



      

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

    

+ Aftershows      

      geral@fenther.net       Ficha Técnica     Fenther © 2006